Busca

Erro
  • Erro ao carregar dados do feed

VENDAS DA INDÚSTRIA DE SC TÊM QUEDA DE 14% NO ANO

 

Levantamento realizado pela FIESC mostra que os maiores recuos foram sentidos pelos segmentos de produtos de metal, móveis e confecção de vestuário

 

As vendas da indústria catarinense acumulam queda de 13,7% entre janeiro e abril, na comparação com o mesmo período do ano passado. Os setores de produtos de metal (-35%), móveis (-28,5%) e confecção de vestuário (-20,5%) foram os que apresentaram as maiores baixas. O único segmento a registrar alta no período foi o de bebidas, com 7,1%. Os números integram a pesquisa Indicadores Industriais de SC, divulgada nesta quinta-feira (02) pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC).

No quadrimestre também foram registrados recuos nos indicadores de horas trabalhadas na produção (-11%), massa salarial real (-11,7%) e utilização da capacidade instalada (-2,8 pontos percentuais, para 80,4%).

A comparação entre abril de 2016 e abril de 2015 confirma a desaceleração das atividades, com reduções de 13,5% no faturamento, 11,1% nas horas trabalhadas na produção, 13,2% na massa salarial real e 4 pontos percentuais na utilização da capacidade instalada.

Brasil – Dados divulgados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostram que a indústria brasileira teve no quadrimestre faturamento 12,3% menor e queda de 10% tanto no volume de horas trabalhadas quanto na massa salarial real. A utilização da capacidade instalada no País baixou de 80,4% em abril de 2015 para 77,6% em abril deste ano.

Confira as pesquisas da FIESC e da CNI.



Assessoria de Imprensa da FIESC

Informações Adicionais